segunda-feira, maio 21, 2007

A dor que não quer passar.

É segunda-feira... dia de preparar o plano de aula da semana que devo entregar na terça.
Forço a cabeça a pensar... as idéias não saem com entusiasmo, mas preciso dar conta disso.
Então, toca meu celular.
A música já identificava que do outro lado era o meu amor chamando.
Ele estava no hospital, dormiria com meu pai esta noite e ao comentar sobre seu estado de saúde... era como se me preparasse para algo maior que está por vir.

E meus olhos se enchem d'água como acontece agora.
E um sentimento de impotência me domina, me fragiliza, me arrasta pra onde perco as cores.
Já existia a sombra, agora a escuridão se faz em mim...

É o medo... a incerteza... a distância... tudo!
Ai meu Deus...

9 comentários:

*Clara* disse...

Minha amiga, que posso lhe dizer nessa hr pra confortar seu coração aflito?!

Ainda ontem, pensava em vc e em seu pai!

Olha só, nada do que eu lhe disser, trará sua paz de volta, eu sei! Mas acredite, que tudo que venha a acontecer, é pq é o melhor, depende apenas do ponto de vista que enxergamos a situação.

Ninguém, lógico, quer ver seu pai, ou sua mãe, presos a uma cama de hospital. Mas infelizmente acontece. E nessas horas, só nosso Pai maior é capaz de trazer alivio ao coração.

Entregue esse momento de angustia e sofrimento nas mãos Dele, assim como a vida do seu amado paizinho e acredite que Ele fará o que for melhor...

Muitos beijos e estou por aqui.

AMU_mto_TUDO_isso.... disse...

EI! ADOREI SEU BLOGGER! TE ADD EM MEUS LINKS TUDO BEM!?
FICA COM DEUS!
ABRÇ!

Cilene disse...

Jac minha amiga querida, tudo bem?
Vim agradecer seu carinho viu! E tb comunicar que to de volta, voltei a ativa, tirei o Diario do Hiatus! Estava com muitas saudades de todas amigas queridas. Desejo que sua semaninha seja maravilhosa e abençoada por Deus, um big beijo com carinho,
Ci

Poemas e Cotidiano disse...

Oi Jac!
Ha certos momentos na vida que realmente sao dificeis, mas eles passam, como tudo passa.
Temos ainda tanto que aprender, e muitas vezes so podemos chorar!
Um beijo querida, espero que voce esteja melhor.
MARY

Tiago Azevedo de Aguiar disse...

Me colocando em teu lugar, sentiria um aperto forte no peito
a boca seca em ansiedade
a cabeça cheio de medo de saudade
...
Que tudo dê certo.

Cin disse...

Foi eu sim que comentei por aqui.
Bom qto ao seu post, sentimento de impotência é realmente um dos mais angustiantes q existe.
Tente visualizar tudo correndo bem e manter o pensamento em coisas positivas. O universo tende a atender o que a gente deseja com fé.
Que Deus mande serenidade para seu coraçãozinho.
Beijos e força!

MoonLight disse...

Esse ano veio para testar todas os teus sentimentos, não é mesmo, minha linda?

Confirmar o teu amor pelo marido, fortalecer a tua atitude como mulher de fibra, te mostrar que tu consegue, sim, dar conta de tudo sozinha (do trabalho, da casa, dos filhos)... parece que veio te provar algo de que talvez tu estivesse duvidando: da tua própria força, da tua coragem, da tua competência.

É duro, mas é necessário.. e, por hora, é a opção que tu tens, é o jeito que tu tens que levar a vda.

Tenha fé, querida, tudo está se ajeitando e, no final, tu vais ser ainda mais mulher do que já és... mais JACQUELINE.

Melhoras para o teu pai, paz pro teu coração e um graaande abraço (beeeeem apertado) prá vocês aí!

Marcelo disse...

A dor é um elemento inerente ao amor.
Assim como a luz só se faz porque existe a escuridão, se é que me entende...

Beijos, mocinha.

ki-colado disse...

A verdade é que as pessoas que amamos vivem por nosso intermédio. Nós os queremos sempre por perto, mas eles também tem a sua missão a ser cumprida. Cabe a nós entender isso, e fazer a nossa parte nesse constituição do universo.

Bons fluidos prá ti!!!