sexta-feira, maio 04, 2007

É uma mãe quem fala

Os dias passam e, ao contrário de algum tempo atrás, tenho sede de blogar.
E o faço muito... especialmente na hora do banho e qdo repouso minha cabeça no travesseiro ao dormir.
Ali se encontram meus melhores pensamentos que são únicos.
Qdo consigo parar e tentar reproduzi-los... já é tarde demais! Foram-se...

É que não tenho mesmo tido tempo de parar aqui.
Agora entendo melhor algumas amigas minhas que já tem seus filhos mais crescidos.



Estou experimentando uma fase em que já não posso me preocupar apenas com meus compromissos.
Juntam-se a estes os compromissos de meus filhos, especialmente de minha princesa agora com 9 anos.

Então torno-me oficialmente a mãe-torista do pedaço...rs.
É escola, taekwondo, catequese, ensaios, passeios (requisitados por eles) enfim. Fora o meu trabalho e tudo o que me cabe fazer.
E há dias em que a mãe aqui mal entra em casa e já tem que sair.
Corre apressadamente pra dar banho no caçula em 10 minutos, pois logo a seguir tem que buscar a filha e quando volta lidar com a janta, tarefa, ufa!!!

Estamos no mês das mães...
E se isso parece um queixume, esclareço ser um agradecimento.
Qdo o dia termina orgulho-me por ter dado conta do recado e por ter podido estar junto aos meus filhos apoiando-os no que foi preciso para que cresçam fortes, autônomos, seguros do que querem e cheguem o mais próximo possível da plenitude de seu ser, da felicidade e da paz de um bem-viver.
Espero estar cumprindo bem a missão.
São apenas os anseios do coração de uma mãe...
E que mãe não os tem?

2 comentários:

Luana disse...

claro que você cumpri bem a missão, e quando eu poder ter minha filhinha, eu não sei se vou querer ter tempo pra tal internet, vou querer ficar com ela, até quando ela estiver dormindo :~

*CLara* disse...

Todas temos, amiga... inclusive eu!

Lindo post...

Beijo