quinta-feira, julho 05, 2007

Para uma amiga...

"Tua escrita me encanta
Tua pessoa me cativa
Tua amizade me alegra
E teu retorno... comemoro!"

(Versinho dedicado a uma amiga que voltou a blogar depois de um tempo em hiatus.
Prazer em pensar,
Vinha... rs.
Sua irmã-borboleta (rs) saúda seu retorno e convoca os amigos a direcionar-te o olhar a fim de que não se cale novamente.)

Blogar é isso... é comemorar palavras, sentimentos e um tanto mais.
Blogs são elos ligados por afinidades, admiração,
carinho, encanto, ternura, sedução.

Pra quem aprecia belas palavras,
suaves palavras,
ousadas palavras,
escolhidas palavras,
pensadas palavras...
palavras que refletem tantos e diversos sentimentos.

Aproveito pra deixar aqui, em meio a este, meu carinho a todos os blogueiros e amigos que compartilham das Asas dos Sentimentos meus...
Beijinhos!

11 comentários:

Nilza disse...

Linda sua homenagem amiga Jac!!

Bela sexta-feira pra vc

beijos

Kyaya° disse...

Oi Jac! :)

Concordo com o que disse... O blog tem sido uma ponte que nos liga a várias outras pessoas e nos permite fazermos ótimas amizades! :)

Eu tenho conseguido isso!

Sem contar que através desse poderoso instrumento virtual que é o blog, podemos espalhar notícias, informações, conhecimentos, sentimentos e até mesmo usá-lo como 'divã' (desabafar)...

Adoro meu blog e as pessoas que o visitam, vc já está incluída nesta lista! ;)

Beijos e um ótimo fim-de-semana!

LUZIMAR disse...

Que lindo JAC.
Realmente uma linda amizade.
Estou em uma LAN. você sabe estou sem pc.

Mas não podia deixar de vir te ver.

Um grande beijo.

Girassol disse...

Recebida com tanto carinho, essa amiga só pode vir mesmo para ficar.
Vou até fazer uma visitinha aproveitando essa indicação que nos deixou! =)

Beijinhos,
um óptimo fim de semana.

Cin disse...

Foi o post mais cheio de ternura que li hj.
Jac vc é uma mulher açucarada.
Bjos querida!

naenorocha1@hotmail.com disse...

GUARDADO

Tu me guardas tão distante
Nos teus olhos distraídos
Na tua boca beijando o céu
No teu perfume volátil
Na mais distante das horas
Num crepúsculo, me guarda.
Um cárcere tão doce e longe
No teu coração estalagem
No teu peito bem fechado.
Tu me tens como refugiado,
E só nas horas mais quietas
Quando não há ninguém perto
Tu chegas pra me alimentar,
Traz tua boca cheirosa
O teu regaço onde eu pendo
Falando tanto de saudade.
E tu também és saudosa
Quando me vês pregas os olhos
E te vês dentro dos meus,
E neste tempo parado
Tu me guardas tão zelosa
Quase nada falta que eu queira.
- Só que isso fosse de verdade.

Um beijo na pele do teu coração
Naeno

Lorita disse...

Que delícia deve ser chegar num cantinho tão aconchegante feito o seu e ver uma homenagem dessas!
Vc é uma fofa.

bjm e bom findi

Edna Federico disse...

Amigo é isso...sorriso.
Obrigada por sempre me prestigiar.
Beijo, Jac

o alquimista disse...

Será que o fogo que me assalta o peito, é deslumbramento, gerado de dor consentida ou apenas um vestido de rubra lava, tecido nas profundezas, liberto no meio da ilha?! Agitam-se as águas do tempo, aprisionado mar numa gota de sal azul, oceano de mil contradições, espesso aroma de brisa do sul.


Bom fim de semana


Doce beijo

Zé Carlos disse...

Jac, não se esqueça de deixar um abraço antes de viajar de férias....
Linda a sua homenagem...
Bjs do Zé

R Lima disse...

Kd vc moça???

N cumpriu a promessa???






Em tempo, estou divulgando meu blog... Estou numa seqüência de 12 dias e 12 textos até o dia 12/07.. passa por lá.. o AveSSo agradece.


[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...