terça-feira, maio 06, 2008

Estranhamente...

Há momentos em que parece que nada vale a pena.
Que tá tudo errado!
Basta uma palavra, um gesto, pra desencadear de dentro de si tudo que vc aguenta calada, tentando ser forte, tentando não ver o que incomoda em vc, tentando parecer que tudo é muito fácil.
Fácil é não perceberem que nada é fácil pra vc.
E dá uma vontade danada de chorar... choro!
Conforto-me... ninguém mais do que eu pra entender minhas lágrimas, as angústias que disfarço, a ansiedade que me testa e a esperança que me motiva a fazer dos momentos difíceis só mais um dos muitos momentos que a vida nos oportuniza experimentar.
Mas é engraçado como o sofrer nos convida a ficar.
Estranhamente dá vontade de vc ficar ali chorando, remoendo amarguras, procurando culpas ou desculpas.
Ouço os suspiros dentro de mim.
Estranhamente...

9 comentários:

R Lima disse...

O sofrer de todo não é ruim.. ele às vezes nos faz fortes.

Ainda de lan.. mas com saudades imensas.

Bjão e se cuida moça.



Texto de hoje: é 150...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Lorita disse...

Esse post poderia ser meu! rs...

Bjm amiga, saudades

Lívia disse...

Madrinha, sofra o suficiente pra se tornar alguém ainda mais forte. Nada como um dia após o outro.
Um bjo

Edna Federico disse...

São fases, precisamos passar por esses momentos para valorizarmos os felizes.
Beijo

Alice Reis disse...

como posso me identificar tanto assim, logo de cara..???

momentos... angustias...

"e isso tb passarah"..!!

adorei aki.. bjos!

Girassol disse...

Esses momentos de pranto servem para que lavemos a nossa alma. E assim, de alma leve, voltarmos a sorrir pelas coisas boas da vida.

Um beijo querida.

Jeff disse...

Jac ... sabe oq é isso?
Nos acostumamos sempre em nos mostrar forte em tudo, diante de todas as situações e aí ... quando as circustâncias da vida nos colocam em situações dificeis, não sabemos como lhe dar.
Não sei como são as coisas para vc. é engraçado, pois estou em uma maré de dificuldades, e culturalmente o homem tem que se mostrar viril, forte como um rocha, sempre ativo e frio. Muitas pessoas falam que isso já caiu por terra mas é evidente no dia-a-dia (uma falsa impressão).
Posso lhe dizer com sinceridade: desde pequeno não ligo para essas coisas, choro sim, quando não aguento procuro as pessoas de confiança e demonstro a minha fragilidade ...
Ao olhar por um lado positivo esses momentos ruins ... podemos ver que uma coisa simples ode nos trazer um certo conforto:O CHORO.
Mas que ás vezes é ESTRANHO É!

HAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAU
bjão!

Loba, a Keila disse...

Você sabe, ha poucos dias me diagnosticaram gravemente enferma, e essa situação desesperadora me abriu espaços nunca imaginados na minha vida. Eu não sei se seria melhor não haver sofrimento, dor, doença e desespero no mundo, pois essas incertezas de vida nos desperta para coisas maiores e mais profundas do que nosso mundinho rotineiro.

Não estou tentando filosofar sobre os seus sentimentos, amiga, mas apenas incitando um diálogo mais amplo sobre o que sente e quem é você. Escute seus lamentos, torne-os mais amplos e sugestivos, pois certamente eles falam mais fortes, são mais potentes que alguns dos floridos caminhos que embalam a sua vida.

BeijUivoooooooooooooossssss da Loba

AcidStorm disse...

etranhamente é que também me sinto assim as vezes, e as coisas parecem não dar certo e tudo gira, e a gente se perde. nesses momentos o consolo pessoal é o melhor para nos guiar.


um abraço