terça-feira, junho 27, 2006

A História do Lápis



O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:
- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? É por acaso, é uma história sobre mim?

A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.

O menino olhou para o lápis, intrigado e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!

Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele e, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo.

  • Primeira qualidade:

  • Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos "Deus" e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade ".

  • Segunda qualidade:

  • De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor."

  • Terceira qualidade:

  • O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça".

  • Quarta qualidade:

  • O que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.

  • Finalmente, a quinta qualidade do lápis:

  • Ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida irá deixar traços e procure ser consciente de cada ação".

    º¤ø,¸¸,ø¤º°`°º¤ø,¸ (Autoria Desconhecida) °º¤ø,¸¸,ø¤º°`°º¤ø,¸

    Que bom que o Brasil ganhou hj, né?
    Por conta deste jogo fui dispensada do trabalho "fora", pq em caaaaaaasa...
    Então vim dar um alozinho pra vcs, vou tomar um cafezinho e continuar com a lida.

    Esta mensagem já conheço a algum tempo. Gosto muito dela!
    Voltei a recebê-la e, então, achei oportuno publicá-la aqui, o que achou?
    Beijos.

    6 comentários:

    Priscila disse...

    Que bom que eu te encontrei amiga,.....
    Vc é o alimento para a minha alma.. adoro ler os seus feitos...
    Pode deixar que voltei pra ficar...
    Bjus

    Natty disse...

    Ser lápis as vezes não é tarefa fácil. Mas mais dificil do que ser lápis é estar lado a lado com os rabiscos tortos que por vezes a vida nos proporciona, mesmo sendo apontado diversas vezes na vida, mesmo tendo borrachas para apagar os mals feitos, mesmo com a serenidade de sempre tentar traçar as marcas certas, há traços que deixam marcas, que não se apagam por completo, que não se deixam sucumbir pelo sofrimento, que desvirtuam dos caminhos certos.
    Porém, mesmo que quase se afogando em impossibilidades, ainda há esperança de que seja posta de lado, entretanto nunca será esquecida
    bjus

    Bruno disse...

    Tudo na vida tem suas vantangens e desvantagens....rssss
    O blog esta DEMAIS!
    se cuida
    bjao

    Vivian disse...

    Oi lindinha,
    "A amizade é uma grande conquista e
    mesmo que estejamos perto ou longe,
    presente ou não, a simples manifes-
    tação de carinho e atenção já tra-
    zem grandes energias positivas em
    nossos dias! Uma excelente quarta!"

    Buratti disse...

    Esse texto é tão bonito, né? Singelo e ao mesmo tempo bem forte! De uma forma simples, fala de coisas essenciais. Gosto muito! :)
    Bjs, Jac!

    Eliane disse...

    Adorei essa história, muito boa mesmo! Beijokas Miga!