domingo, julho 29, 2007

Não é fácil, mas estamos vencendo

Hora da despedida... estremeço por dentro e seguro.
A filha, que esteve com ele por todo o mês de julho, o abraça de-mo-ra-da-men-te e vejo lágrimas em seus olhinhos brilhantes.
Já não disfarço as minhas.
Com o pequeno, entretido no joguinho da net, tudo mais light: Tchau, pai!

Pra quem não sabe...
Em junho do ano passado, o desemprego de meu esposo passou a escrever um novo capítulo de nossa história.
Foram 9 sofridos meses, convivendo com a incerteza e a dor causada por esta nova condição.
Uma nova chance de trabalho surgiu, mas a 800 km daqui e, corajosamente, resolvemos aceitá-la.
Desde então tem sido assim: ele lá, nós cá!
Por esse motivo, todo encontro é muito esperado e comemorado com alegria com um sabor muito especial pra nós.
E a distância que poderia ser motivo de distanciamento tb de sentimentos, ao contrário, aproxima-nos ainda mais.

Agora...
Estamos em contagem regressiva pra voltarmos a viver a rotina de uma família que encontra sentido em caminhar a 4, na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, amando-nos e respeitando-nos.
Qdo o fim de 2007 chegar, jogo tudo pro alto aqui e vamos ficar com ele.
Por ora, no calor do abraço de despedida... a saudade.
"Te cuida, amor!
Vc é muito importante em nossas vidas.
Te amo! Nossos filhos tb. Bjs"

19 comentários:

Marco disse...

Ah Jac querida!
Imagino a dor de ficar longe que tanto amamos...
Minha mãe, minha irmã e meu sobrinho que acabou de nascer e ainda nem peguei no colo, estão longe de mim e fazem a maior falta!!!
Coração é assim né? Não se explica, apenas sente!
O alento é saber que logo, logo o tempo passa e o abraço tão esperado será dado em quem amamos! Nossa família, bem mais precioso!!!
Fique bem e que Deus abençoe está linda família para que permaneçam cada vez mais unidos, apesar de todos os contratempos.
Beijos amiga!

Carol disse...

Aiii, que situação chata né?
mas veja pelo lado bom, matar as saudades é bom demais né???
Bjusss e boa sorte pro fim de 2007

Keila, a Loba disse...

Jackie, querida, eu havia visto o selo que me dedicou aos Uivos ha alguns dias atrás, mas estive tão sem inspoiração para publicar novo post e ostenta-lo que preferi esperar um pouco mais para mostra-lo com tema e emoção inteiramente novos. Obrigada pela sua generosidade, mas obrigada mesmo por ser você essa menina especial, única e encantadora que é.

BeijUivoooooooooossssss da Loba

Mamanunes disse...

Oh Jac...Sei bem o que é isso. De verdade.
Fiquei emocionada com seu post. Me lembro bem da "barra" qeu vcs enfrentaram. Estou passando por quase isso. O Má tá praticamente voltando prá SP. Graças a Deus, as filhas já são mães *rss. Eu fico muito só agora, aqui na floresta, afastada da aldeia e da cidade...
Enfim, coisas que transformam a vida em poesia, luta e vitória.
Um grande abraço.
Té já.

Edna Federico disse...

Ai, Jac...também me emocionei.
Deve ser terrível ficar longe assim!
Mas, força na peruca, querida....esses meses vão voar e logo você estará perto do seu amor.
Beijo

Lorita disse...

Realmente deve ser mto chato pra todos da tua familia essa distância, mas grandes conquistas requerem grandes esforços! Deus esteja com vcs!
Bjm linda, tou louca pra te encontrar on viu?

Cin disse...

Puxa Jac, imagino que não deva ser nada fácil para nenhum de vcs.
Admiro sua força, pois sempre que alguma situação dificil se instala em uma familia, é a mulher que passa a ser o pilar que sustenta o resto da construção.
Fico aqui na torcida pro tempo passar mais depressa e unir sua familia novamente.
Bjos flor, e fica com Deus!

Girassol disse...

Quando a vida nos coloca à prova, descobrimos forças que jamais julgámos ter para enfrentar as contrariedades.
Vejo em ti essa força.
Pois apesar das saudades e da distância, os teus textos transparecem a ideia de que vocês são uma família unida por laços tão fortes, que dificuldade nenhuma os conseguiria romper.
Parabéns por isso Jac. =)

Beijinhos.

Cris... disse...

Eu posso sentir cada segundo dessa sua espera. Sei o qto é dolorida mas tbem sei o qto é compensador o momento em que estão juntos, reforçando os laços que os unem.

Mais da metade da caminhada está feita, força e coragem pra vc, afinal, está quase chegando...

Beijo e te amo.

david santos disse...

POR MUITO QUE CUSTE A MUITA “BOA” GENTE, NÃO VAMOS DEIXÁ-LO ESQUECER.

Esta semana venho incomodar todos os blogues brasileiros. E por quê? Porque não quero que esta data fique esquecida. Mas que data? Pois é, é mesmo isso! Este ano, de 2007 faz 160 “cento e sessenta anos”, que nasceu um grande vulto da poesia brasileira. Quem foi?
Faz também este ano, 2007, 136 “cento e trinta e seis anos” a data do seu falecimento.
Quem foi? A resposta deve ser dada por iniciais, nada de nome completo
Eu não devia ajudar nada, mas vou-vos dar um cheirinho: “Espumas Flutuantes”, Salvador da Bahia, 1870.

Quem souber, pode deixar a resposta no meu último poste.
Quem não souber, tenha a dignidade de perguntar no mesmo local. Pois aprender não enche barriga nem mata miolo.

David Santos

Rosangela disse...

OI Jac querida...Realmente a despedida é muito dolorosa né, como é complicado ficarmos longe das pessoas que amamos, mas para tudo existe um propósito, e neste caso não é diferente.
E o fato de o amor de vcs ter aumentado, mostra que le é forte e verdadeiro,e que tem os laços de Deus firmando-o cada vez mais.
2997, já esta no meio, e o tewmpo tem passado tão rapido que daqui a pouco já chega 2008.Torço por vcs flor...
Que sejam muito felizes, onde quer que estejam...Beijos...E uma linda semana, cheia de muito friooooooooooooooooooooo

Edson Marques disse...

JAC,


Espero, sinceramente, que a rotina de viver na família unida volte a imperar na tua vida. E na do esposo e dos filhos.


Certos percalços nos pegam desprevenidos.

Mas, a coragem é nossa arma infalível.


Abraços, flores, estrelas..

Keila, a Loba disse...

Eu bem conheço esse episódio, e também sei o quanto foi traumatizante para vocês, Jackie, mas percebeu como amadureceram? É, nada acontece por acaso, e nada vem sem que uma proposta maior esteja em evidência. Eu jurava que você voltaria gravidíssima, pois estava louca para ser madrinha, mas ainda vai acontecer... rsrsrsrs

BeijUivoooooooooosssssss da Loba

Juliana:)Juby's disse...

Oi miga linda... qto tempo neh!!!
To aki pra agradecer as suas palavras de carinho lá no kantinhu...
eh verdade...mundo imenso e tão pequeno esse tal de virtual! rsrs
Uma maravilhosa semana!!!
Que Deus abençoe vc e td sua família.
Bjos no s2 e fike com Deus.
Juliana:)Juby's

Juliana:)Juby's disse...

Oi miga linda... qto tempo neh!!!
To aki pra agradecer as suas palavras de carinho lá no kantinhu...
eh verdade...mundo imenso e tão pequeno esse tal de virtual! rsrs
Uma maravilhosa semana!!!
Que Deus abençoe vc e td sua família.
Bjos no s2 e fike com Deus.
Juliana:)Juby's

Marcelo disse...

Realmente triste termos que nos afastar de quem amamos.
Que bom que, em breve, todos estarão unidos novamente.
Torço por você e por sua família linda.

Beijinhos, Jac.

Mamanunes disse...

Oi Jac! Olha eu de novo *rss
Espero que vc esteja bem, apesar da falta do seu amor...sei que não é fácil.
Obrigada pelo elogio ao blog, mas ainda não consigo colocar os links com imagens, buttons, sabe? Pois é... Decidí também ficar só com esse. Aos poucos vou desativando os outros. O negócio é que sou xereta hehehe, gosto de aprender os tais códigos html, é um crochê virtual.
Deixo beijos prá você e seus filhos. Confiem sempre no que diz o Senhor:
"Todas as coisas cooperam para o bem..."
bjk

Lili disse...

A vida é mesmo esse eterno vai e vem, e ela nos prega essas peças, como nos fastar de quem queremos sempre perto, embora q por uma causa q até faz com q a família fique unida (o trabalho),mas q não deixa de doer com intensidade. O bom é q logo isso será história, estou torcendo por vcs.
Bjocas

MoonLight disse...

Oi, que post lindo, Jac! E fica mais bonito ainda, quando comparamos o que tu escrevia quando teve início essa estória... lindo o teu crescimento... te adoro, mulher!!