quarta-feira, agosto 29, 2007

Replay... falando de liberdade

Liberdade... o que é essa tal liberdade?


Acordei pensando nisso. Sem querer, acabei por tirar algumas conclusões:
- De fato, nunca fui 100% livre, mas não ser 100% livre não significa dizer que não se é feliz.
- Minha liberdade sempre foi monitorada, antes pelos pais, agora por minha família e pelos compromissos que ser mãe e esposa me traz.
- Há um tempo certo pra cada coisa na vida, inclusive pra ser livre - mas é claro que esse tempo varia de acordo com a história de cada um.
- Certamente, não sou a única no mundo a me sentir assim, mas tenho muito a agradecer "apesar de".

Eu teria me sentido livre, da maneira como trato aqui, se tivesse ao menos uma vez na vida:
- colocado a mochila nas costas e saído sem rumo pra um lugar qualquer (sozinha ou com amigas);
- acampado;
- adormecido sobre a areia da praia contemplando um tapete de estrelas sobre mim;
- saltado de asa delta;
- tomado sozinha algumas decisões, sem me preocupar muito com o que os outros iriam pensar.
Talvez eu não tenha me sentido livre assim porque não me permiti sê-lo:
- por medo, comodismo, fraqueza ou falta de crença em mim mesma.

Preciso mesmo repensar a liberdade, afinal tenho filhos.
Que visão de liberdade vou deixar que eles construam?
Muitas vezes, por zelo, por cuidado, por amor, tolimos a liberdade do outro achando que estamos fazendo o melhor.
Será que temos esse direito?
Alô, liberdade!


"Queres mesmo saber o que é liberdade? Tem uma janela perto de ti? Se tiver, dê uma olhada para o céu, para as flores, para os passaros... tudo isso é livre! Nós é que somos os unicos prisioneiros desse planeta, sabe porque? Criamos nossa própria prisão."
(comentário da Kery)

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Repeti o txt. acima, não por se tratar de um dos melhores que já escrevi, nem sou tão boa nesta arte assim... mas por tratar sobre algo que inda esses dias estive pensando e, ao reler, percebo que o que penso hj, não se difere muito do que pensara em 28/01/2005.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Sugestão de Carol que eu viesse a participar do


::::::: MOVIMENTO ENTRE BLOGS - VALE A PENA LER DE NOVO :::::::

1. Qualquer blog convocado pode participar
2. O blogueiro que participar deve escolher um de seus textos (de sua autoria) que você mais gostou (sabe? aquele que quando você acabou de postar você disse para si mesmo: eu estou inspirado hoje!), e então republicá-lo, podendo trocar foto, modificá-lo de algum jeito.
3 - Escrever a frase: ‘Movimento – Vale a pena ler de novo’ no final do texto, só para identificar como participante juntamente a essas regras.
4 - Convoque mais 5 blogs para esse movimento colocando os links deles no seu post republicado.
5 - Se você foi convocado mais de uma vez, se quiser, republique mais algum que você goste.
Criado pelo blog: A ótica de um míope.

Só que hj não vou indicar ninguém não, tá?
Façamos assim... quem da turma passar por aqui, ler este meme e se sentir motivado a participar, me avisa com um - TÔ NESSA! via coment, então linko aqui que aceitou participar, tá?

16 comentários:

Pensamentos Ocultos disse...

Também acho ! Sendo assim eu tbm não sou totalmente livre..aliás, acho que ninguém o é completamente ! Quem me dera dar um passeio, por mais curto que fosse sem rumo, dormir na praia , só com as estrelas, faria tantas mas tantas coisas !

Um BeijO Querida e Obrigado pela sugestão da janela dos comentários em Pop-Up !

Anne disse...

Sabe que eu nunca parei pra pensar mto em liberdade? Acho que é pq gosto da vida que tenho e prefiro não pensar muito nisso, pra não começar a colocar defeitos...rs
Percebo ela em mtas coisas do dia a dia, nas decisões que tomo sozinha, nos momentos em que me deito no sofá com um bom livro e um silêncio absoluto, nas viagens que ainda pretendo fazer...sei lá, em mtas coisas!
Não vou participar pq faz pouco tempo que tenho meu blog e ainda não tenho textos antigos!
De qualquer forma, beijos pra vc, lindinha!!!

Girassol disse...

Sei que algumas pessoas se permitem ser mais livres do que outras, mas será que existe a tal liberdade total?

De uma forma ou de outra, todos somos condicionados pelas pessoas que amamos, pela sociedade em que vivemos, pelas nossas próprias ideias e ideais.
A diferença é se fazemos isso por gosto, ou por sermos obrigados a...

Sinto-me livre e realizada quando abdico de fazer algo por causa de alguém; mas sentir-me-ia sufocada se essa pessoa chegasse ao pé de mim e dissesse "tens que fazer assim".

O conceito de liberdade, a meu ver, dependerá sempre da forma pessoal como cada um de nós a define.

Beijinho.

Marcelo disse...

Acho que nunca é tarde para realizarmos nossos projetos.
A tal liberdade reside em nós, nas nossas atitudes e no que achamos importantes para a nossa própria felicidade.
Sem pensar em filhos, família ou marido, entende?
E não se trata de uma visão egoísta essa minha.
Acredito que devemos nos cuidar e fazermos o que queremos fazer antes que envelheçamos e fiquemos amargos em uma cadeira de balanço de alguma varanda se questionando porque diabos você não voôou de asa delta naquele sábado ensolarado.

Beijos, menininha.

P.S: Realmente um belo texto.

Edna Federico disse...

Lindo texto, Jac.
Ai...é tão difícil estabelecer um limite entre a proteção e a invasão, né?
Acho que dentre essas coisas que você citou, eu só acampei...riso...mas, não sinto falta de fazer o resto, não.
Com o tempo, acho que o conceito de liberdade vai sofrendo algumas transformações, ainda mais quando se tem filhos.
Beijo

Mamanunes disse...

Uau Jacque!
Quem pode aprisionar a mente, as idéias e os sonhos.
Disciplina, ginástica, responsabilidade e compromisso te dão liberdade...
Eu me sujeito a Deus e há quem diga que isso é prisão, pois prá mim, é liberdade e segurança.
Somos livres quando temos a certeza de que fizemos e fazemos o melhor que podemos não é?
Então lindinha...
Obrigada pela força..vou lá ver o Má tocar, ele merece.
Um grande beijo!

Rosangela disse...

Acho que na verdade, ser 100% livre não traz felicidade, por isso determina não ter vinculos, e o melhor da vida é ser ligado a outras pessoas, pelo vinculo do amor...


beijos no coração...

Pedro droPe... disse...

Eita.. acho que preciso pular de asa delta... só foi o que faltou... porém, ando fazendo coisas que acho ser mais louca de que pular com asas... tenho pulado na vida sem asas e de cabeça... Esperando correr o risco e assim vou destruindo o medo, as convicções e todas as certezas... Liberdade é estado de espírito e não depende do local onde estamos... é só olhar os lírios do campo.. em sua maior beleza vista... Livre de verdade.. Porém, pregado ao chão...

amei aqui...

voltarei


beijo no olho,
lua, flores e libertária.

Cin disse...

Gostei mto do texto, vc fez uma reflex�o madura e sensivel sobre a liberdade.
Valeu a pena ler de novo!
Bjos flor!

Margarete disse...

Adorei esse seu texto. Ser livre seria caminhar por 3 horas e depois ainda praticar rapel?? Se for isso, já a experimentei, mas a encarei como desafio pois não é nada fácil ficar pendurada e torcer para que tudo dê certo...

Lune disse...

Gradei da reflexão , acho que niguém é livre completamente sempre te algo q nos prende em terra .. mais vale apena ser o mais livre possivel ..

abraços

Lune disse...

gradei da reflexão , niguém e livre por completo sempre ha algo q nos prende em terra ... o importante e tentar ser o mais livre...

abraços

Naeno disse...

Só podemos realizar nossos sonhos, nossas fantazias, quando estamos plenamente acordados.
Ao contrário fica tudo sempre neste campo. Que bom qeu fosse, que maravilhoso é sonhar.

Um beijo
Naeno

Rosely Zenker disse...

Eu acho que vc vive exercitando a liberdade: afinal, expressar-se verdadeiramente é o ato mais libertário que existe.
Ah, tem gente que vai de mochila nas costas, tem gente que escolhe construir um ninho, ambas opções são escolhas, todos os dias fazemos escolhas e elas serão tão livres quanto forem a nossa vontade, o nosso desejo, a nossa realização.

Mamanunes disse...

Passando prá um tchauzinho. Vou a São Paulo e volto segunda.
Te desejo um fim de semana bem tranquilo, com aquela paz...que só Cristo trás.
Um beijão querida.

Nilza disse...

Oi..jac..não sei se recebeu meu comentário...

Mas, Tô NESSA..!! Adorei a idéia.

Beijos