quarta-feira, outubro 17, 2007

Nós e o Espelho

Recebi esta da amiga Suely M. por email e achei uma bela reflexão.
Felizes aqueles que sabem amar ao próximo pelo que são e não pelo que aparentam ser...
haveriam pessoas mais felizes ao nosso redor, realizadas como seres humanos se isso fosse regra e não excessão. Beijos!

* * * * * * * * * *
Alguém, muito desanimado, entrou numa igreja e em determinado momento disse para Deus:
_"Senhor, aqui estou porque em igrejas não há espelhos, afinal nunca me senti satisfeito com minha aparência".

Subitamente uma folha de papel caiu aos seus pés, vinda do alto do templo.
Atônito, ele a apanhou e nela viu a seguinte mensagem:

"Minha criatura, nenhuma das minhas obras veio ou ficou sem beleza, pois a feiura é invenção dos homens e não minha.

Não importa se um corpo é gordo ou magro:
Ele é o templo do espírito e este é eterno.

Não importa se os braços são longos ou curtos:
sua função é o desempenho do trabalho honesto.

Não importa se as mãos são delicadas ou grosseiras:
sua função é dar e receber o Bem.

Não importa a aparência dos pés:
sua função é tomar o rumo do Amor e da Humildade.

Não importa o tipo de cabelo, e se ele existe ou não numa cabeça:
o que importa são os pensamentos que por ela passam.

Não importa a forma ou a cor dos olhos:
o que importa é que eles vejam o valor da Vida.

Não importa um formato de nariz:
o que importa é inspirar e expirar a Fé.

Não importa se a boca é graciosa ou sem atrativos:
o que importa são as palavras que saem dela."

Ainda atônito, esse alguém se dirigiu para a porta de saída, que tinha algumas partes de vidro.
Nesse exato momento sentiu que toda sua vida se modificaria.
Havia esse lembrete na porta aderido:

"Veja com bons olhos seu reflexo neste vidro e lembre-se de tudo que deixei escrito.
Observe que não ha uma única linha sobre Mim que afirme que sou bonito".
--- Autor Desconhecido ---

4 comentários:

Girassol disse...

A aparência perfeita não existe, não conheço uma única pessoa neste mundo, que não encontre um defeito no seu corpo.
Mas, são essas diferenças e imperfeições que nos tornam únicos... e felizmente, todos sabemos que o valor de uma pessoa não está no seu peso, na perfeição da sua pele, ou no brilho do cabelo.
O que nos torna maravilhosos é o que temos por dentro, e para isso não existe espelho, não existe anti-rugas, nem operações milagrosas.
Acho fundamental que cada um se sinta bem com o seu próprio corpo, pois acredito que quando aprendemos a gostar de nós, influenciamos muito a opinião dos outros a nosso respeito.

Um beijo querida.

Aline e Marcelo disse...

"O essencial é invisível aos olhos", como diria a sábia raposa amiga do pequeno príncipe.

Bjm amiga linda

Margarete disse...

É como diz um amigo meu, o que importa é como somos por dentro, pena que não podemos andar pelo avesso. (risos)
Beijinhos

Cin disse...

Jac e seus textos sempre mto bem selecionados e cheios de loções de vida...
Adoro!
Bjos flor!