quarta-feira, novembro 07, 2007

Retrospectiva

Passei horas lendo as manifestações de carinho dos amigos. Que coisa boa!
Uma boa dose de carinho, atenção e generosidade revigora o coração da gente.
E pensar que comentei com um amigo que achava que este meu níver ia ser meio "xoxo".
Foi nada! Foi bom! Foi gostoso! Foi simples, mas muito significativo.

Ontem à tarde, lendo junto com o amore alguns emails, tentando buscar inspiração para escrever (que não veio) comecei a reler as datas de meu níver desde que blogo.

  • Em 2004, com o título "Completando 34 Primaveras", escrevi um dos textos que mais gostei sobre esta data de minha vida e dentre ele o trecho:
    "Mudanças completamente necessárias... estou em meio a elas.
    Mudando de cidade, de casa, de idade... outra chance!!!"
    Na ocasião, estávamos nos mudando novamente para Marília e morando num hotel luxuoso da cidade. Procurávamos uma casa, assim como o fazemos agora.

  • Em 2005, comentava sobre o medo que minha mãe tinha que eu nascesse no "Dia de Finados"...rs
    Ao contrário do ano anterior, já estava dando aulas concursada para Educação Infantil (trabalho que exerço até hj e que terei de exonerar em breve :-{ ).Propus-me a escrever sobre meu dia-a-dia no mês ref.: ao meu níver e assim o fiz. Na época, ainda escrevia pelo Weblogger.

  • Em 2006, já pelo blogspot, coincidentemente...rs - tinha como título "O dia 3.6".
    Nem me lembrava que o horário de verão estava começando e que passei o dia trabalhando num E.C.C. (Encontro de Casais com Cristo) junto com o maridão.
    Atravessava um difícil período em nossa vida, já que meu esposo encontrava-se desempregado, situação que perdurou de jun/06 a fev/07.


  • Poxa... já passei por tanta coisa e não parou por aí, não!
    É interessante olhar pra trás e constatar que tudo passa!
    Estou vivendo mais um momento de transição e qdo olho para o amanhã, ainda não o vejo.
    Já a algum tempo tenho treinado a viver o dia de hj, somente o hj... pq o amanhã não pertence a mim!
    Tenho procurado deixar para amanhã as preocupações que lhe competem.
    Assim vou controlando um pouco minha ansiedade.
    Aprendi que preocupar-se demais com o que ainda não chegou, nos atrapalha a viver bem e saborear o que está conosco: o hoje!
    Já pequei muito comigo mesma e com os outros até aprender isso.
    É melhor ir diminuindo os erros, ao menos os possíveis e conhecidos...

    O que será o amanhã? Responda quem puder!
    Beijos.

    15 comentários:

    O Profeta disse...

    Alva pena transporta as mágoas
    Rasga as águas e desalinho
    Grito de gaivota, dança de amor
    Penas choradas em tom baixinho


    Boa semana


    Mágico beijo

    Aline e Marcelo disse...

    O bom nisso tudo amada, é que vc continua linda e com fé, apesar dos temores!

    O melhor de Deus ainda está por vir, creia nisso!

    Bjm da amiga loira-apaixonada! rs

    Buratti disse...

    Oi, querida! Não sabia que tinha sido seu niver, me desculpe por essa falha! =(
    De qq forma, te desejo tudo de bom nessa vida! Você já escreveu tanta coisa bonita, seu maridão também... só tenho a desejar mesmo é que você continue essa mulher linda, forte e cheia de vida que é e que admiro! Felicidades hoje e sempre! =)
    Beijão!

    Mamanunes disse...

    Lapidando, lapidando... Deus é caprichoso mesmo com suas pedrinhas preciosas. Linda!
    Perdoe minha distração Jacque...nem me toquei que foi seu niver... PARABÉNS!!!. Mas vc sabe que eu te admiro, torço por vc e te leio desde que comecei a blogar em 2005.
    Tem um meme prá vc lá no blog.
    bjk
    :)

    Girassol disse...

    Também demorei até aprender que não devemos sofrer por antecipação. Cada coisa a seu tempo.
    Com certeza muitas alegrias virão a caminho, algumas lágrimas insistirão em cair, mas o importante é que do teu lado estão pessoas que te amam, e tornam o hoje um belo dia para se viver.

    Beijos querida.

    Quem tecla não chora disse...

    Parabéns pelo teu aniversário!!!
    Obrigada pela visita.Volta sempre.
    :))

    Dani disse...

    O amanhã não se sabe, só sei que devemos aproveitar cada segundo de nossas vidas para quando cehagr aos 7.0 de vida a gente poder dizer aos netos: - é, foi dureza, mas consegui chegar aqui.
    Bjos

    A bailarina, disse...

    Fico feliz quando vejo teu comentario la no meu blog.! ^^
    Sim, eu realmente so tenho 15 anos, rs. Que bom que gosta, a proposito vou te linkar, ok?! :)

    Deve ser muito bom, para e olhar pra tras e ver tudo que ja se passou, e saber que superamos todas as dificuldade e pedras no caminho, pois o que faz seguir em frente é o raio de sol que surgira amanha.! Seja sempre forte.! ^^

    Beijos

    R Lima disse...

    Êita que o negócio por aqui tá é movimentado.r.s.s é foto é escrita.. é muita coisa.. e também muita simplicidade, muita atitude...

    Fico lisonjeado pela citação a minha pessoa aqui no blog... bom saber da nossa existência bem aí mesmo que bem.. bem de longe...

    Bjs e sucesso.. todo o sucesso para você e sua família.




    Texto de hoje: Fazendo Graça...

    Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

    O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

    Edson Marques disse...

    Que bom que ainda posso dizer:

    Feliz Aniversário!

    E que tudo continue mudando...


    Abraços, flores, estrelas!

    Laura disse...

    Oi moça ;)
    vai aí o blog da Carla:
    http://nadaeh.blogspot.com/

    A frase q postei no meu blog é do querido Mario Quintana...
    Estava eu na fila do banco (lotado por sinal! ;( ... e vi esta frase em uma camiseta, estava eu a pensar na vida... e a frase realmente me deu uma erguida... pois nunca devemos desistir... ter esperanças nos fortalece e nos dá forças pra continuar... pq q graça teria isso tudo?? Será q daríamos o mesmo valor àquilo que conquistamos??

    Um beijo carinhoso e um findi cheio d amor e paz!!!

    Laura disse...

    ahhh... e qto ao amanhã... esqueça...

    a vida é uma caixinha d surpresas... então viva intensamente o presente, cada minuto, semeie coisas boas, a colheita será farta e de acordo com o q semeares, muitas vezes nos perguntamos: "poxa... o q foi q eu fiz pra sofrer assim?? "

    Será que não seria: o que foi q eu não fiz???

    Por outro lado sabemos que existe muitas injustiças neste planetinha q habitamos, muitas coisas que não entendemos... muita desigualdade social, pessoas ganhando dinheiro fácil, outras deixando de comer para poder alimentar aos filhos, e isso gera um circulo vicioso em que o sistema dai sim, forma esses delinquentes...

    já questionei de quem realmente é a culpa... acho q é a desigualdade social, o capitalismo... nossa teria assunto pra horas e horas...

    pessoas q, por terem poder, são totalmente insensíveis... e estão levando nosso mundo à ruína...

    Mas vamos levantar o astral!!!!

    o// afinal é sexta feira... e, chegar em casa, tirar a roupa, ficar descalça... esperar meu amor, tomar uma ceva... sim, essas coisas simples de minha vida é q me fazem uma mulher feliz... e isso ninguém pode comprar!!! não estou livre dos problemas... mas como o nosso inesquecível Quintana fala: "TRISTES OS CAMINHOS SEM O BRILHO DISTANTE DAS ESTRELAS"!!!

    *©õllyß®y disse...

    Olá querida,aqui estou respondendo ao mail, que lamento o meu não conseguires entrar, pois sendo da blogger, não seria complicado,

    Gostei muito do teu texto, as mudanças,são sempre bom, mesmo que seja só da nossa aparencia,o amanhã se espera pouco atractivo, por isso vive o dia a dia o melhor que possas,

    Doce nmeu beijo

    Batom Cor de Rosa disse...

    ahh, adoro mudanças, as que vêm para melhor, nos deixam extremamente satisfeitas, as ruins nos ensinam algo, e superamos! =)

    gostei muito do seu blog também.. e feliz aniversário atrasado!
    beijos

    Anne disse...

    Poxa vida, acho que falhei nos parabéns, mas vc sabe q nao é falta de carinho, é falta de tempo pra passar aqui as vezes...sorry!

    As coisas mudam mto mesmo e às vezes mto rápido tb...mas acho isso mto belo!

    Um professor que tive sempre dizia q o problema das pessoas é não viver o "aqui e agora" e ficar mto tempo preso no "lá e então" (passado e futuro). Realmente, vivendo um dia de cada vez a gente aproveita bem mais o que acontece agora, o resto... ou já foi, ou virá e não temos mesmo como saber...

    Mais uma vez desculpe pela falha nas congratulações pelo aniversário...=/

    Beijokas, querida!