quarta-feira, agosto 06, 2008

Uma Mulher... entre a que foi e voltou.

Depois de onze anos fora, por vezes tenho a impressão de que já não sabem quem sou.
A que partiu daqui, quando se casou, não é a mesma da que voltou.

Pode ser que eu cause estranheza.
Pode ser que eu surpreenda positiva ou negativamente.
Pode ser que se decepcionem ou admirem o meu jeito de ser e pensar atual.
Fazer o quê?

Não parei no tempo, vivi na pele situações que causaram em mim transformações eu sei.
Revi conceitos e atitudes.
Superei dificuldades, chorei, sofri, lutei, sorri, venci...
Mas os de cá, não estavam lá comigo (é a verdade!).

Agora, ao retornar, é como se houvesse uma lacuna, um vale que me distancia das pessoas.
Distância esta que vai se amenizando com o convívio - é claro, mas que é ainda um tanto perceptível.

Confesso, acostumei-me a ficar no ninho.
Tanto tempo morando longe da família podem ter me deixado meio superficial, acostumada com os rápidos encontros de feriados ou datas festivas e não muito mais que isso.

Não sou de ficar descrevendo o que se passa em minha casa.
Não sou de passar longas horas na casa alheia.
Aprendi a ser reservada, um pouco auto-suficiente, a contar somente com meu marido em muitos momentos vividos.

Portanto, aos que aqui reencontro peço:
_ Paciência! Não exijam de mim a perfeição.
E os convido a conhecer melhor esta que aqui está.
Nada além disso...

3 comentários:

Aline disse...

Vc fez a coisa mais certa da tua vida, sair de pertos dos seus para viver a tua vida, agora que voltou, está mais madura e pronta pras adversidades que toda familia vive.

Bjm

R Lima disse...

Vc é simples de alma e isso é tudo moça.. vc é linda e uma amiga e tanto.

E desabafos são sinceramente honestos.. seja o q for.. sejam para entender ou não.

E dia desses estou por aí..r.s.s.s

Té,




Texto de hoje: sAbe...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Lívia disse...

Madrinha, não se preocupe com isso. Pessoalmente consigo entender perfeitamente esse tipo de coisa. Sabe, também sou caseira. Quem gosta de vc pode entender isso. Enfim, apareça sempre que se sentir a vontade. Vc é sempre muito bem vinda e está longe de ser superficial. É autêntica! bjos, te amo d+!