segunda-feira, setembro 22, 2008

EsTraNha...

Ultimamente tenho me sentido meio estranha.
Se tem a ver com a perda do meu pai?
Pode até ser que este fato tenha alguma influência.
A questão é que tenho me sentido aérea, como se me faltasse o chão.
Por vezes meus pensamentos vagam sobre minha cabeça.
Percebo completa ausência deles em minha mente.
Mudança de ciclo, talvez!

Em meio a tudo isso, a vida acontecendo.
Meu filho completou mais um ano de vida e meu marido tb.
Amo dois virginianos maravilhosos.
O Luan? Agora é meu afilhado (que responsa, madrinha!)
E amanhã retorno ao trabalho.
Em momentos como o que vivo agora, não há terapia melhor!

A vida seguindo seu ritmo próprio e a gente se esforçando pra fazer o nosso ritmo combinar com o dela.

9 comentários:

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari disse...

Querida... sei como dói perder um pai... e te digo, é uma dor que não passa, ela é apenas amenizada pelo tempo... hj em dia, ainda me pego lembrando do abraço e do cheirinho do cabelo do meu pai, de como ele me faz bem mesmo longe. Força sempre, se precisar sabe onde me encontrar. Beijooo

Edna Federico disse...

Jac, acontecimentos muito fortes dão uma mexida em nossa vida, em nossos sentimentos, na forma como vemos e pensamos.
Nada como um dia após o outro.
Parabéns aos seus amores.
Beijo

Núbia Lima disse...

Querida imagino como vc está se sentido, infelismente no inicio é assim, pensamos que não é real, que vamos acordar e tudo vai voltar a ser como antes, mas com o passar do tempo é que elaboramos a realidade,a dor cede um espaço maior para a saudade.......boas lembranças se tornam em elos, que já são eternos. Fica com Deus !!!Beijosss com carinho: Núbia Lima

Marciley disse...

Jac
Penso que minha vida tentou se ajustar aos acontecimentos...vivo assim estranha há quase 11 anos.
Mas posso te dizer uma coisa...não esquecemos nada, mas a dor diminui e a saudade, ah essa é danada...só aumenta!
Força, sei que vc vai conseguir...és uma mulher batalhadora d+!
Beijo e abraço bem aperatado!!!

Marcelo Martins disse...

Ultimamente eu venho sentindo a mesma sensação de estranheza...
Mas eu sei exatamente porque estou assim, trata-se de saudades apenas...
"Paciência,rapaz, paciência..."

Beijinhos

Lívia disse...

madrinha, tenha um ótimo retorno ao trabalho! um bjo

Thiago disse...

incrível como a própria vida vai colocando tudo em ordem!

Nilson Barcelli disse...

A rotina diária faz-nos falta, equilibra-nos...
Depois de 2 dias de trabalho, espero que vc tenha voltado ao habitual.
Beijinhos.