quarta-feira, outubro 22, 2008

Expectativas e Interesses

Eu espero das pessoas (de algumas pessoas) que fazem parte da minha vida e me culpo por isso.
Criar expectativas é a coisa mais gostosa e mais desastrosa que pode haver.
Quem dá carinho sem esperar receber de volta?
Quem dedica atenção e não espera sentir-se querida?

Quem já não pegou o email de uma amiga que não via a muito tempo, caprichou na mensagem, enviou e, dias depois, decepecionou-se por não receber resposta?

Quem já não se deitou pensando em que preparar para o dia dos namorados, escolheu um belo cartão, usou de toda sua inspiração e, ao brindar o amado com aquele mimo, não quis tb ter a certeza de que ele tb se preocupou em te agradar?

Interesse sim!
Interesse em dar e receber amor, carinho e atenção.
Há algum mal nisso?

Será mesmo tão questionável esperar algo bom do outro?
Será mesmo tão anti-ético?
É um sacrifício muito grande partilhar de bons sentimentos?

Conheço pessoas que se portam mais como parasitas ou sangue-sugas.
Gostam imensamente de receber do outro, mas não querem ter trabalho.
Sente o gostoso calor da afetividade e da dedicação do outro, mas comodamente devem pensar: "Se fulano se sente bem em fazer isso por mim... Não pedi que fizesse, já que quer..."
Ouse cobrar algo? Não demorará muito para se tornar objeto descartável.

Amar dá trabalho!
Um trabalho gostoso qdo as atitudes surgem naturalmente dos desejos do coração.
E deve ser sim muito pesaroso ser cobrado, qdo não se tem vontade de cultivar alegrias no outro.
Talvez seja por conta desta unilateralidade que alguns relacionamentos durem bem menos do que poderiam (isto envolve tb as amizades).

Quem nunca cobrou atenção, que atire a primeira pedra.
Quem nunca esperou algo, de alguém... sinto uma invejinha branca de vc!

Eu dou carinho e espero receber em troca, SIM!
Eu amo e quero ser amada, SIM!
Eu respeito e quero ser respeitada, SIM!
SIM, eu sou exigente qdo o assunto envolve sentimentos e assino embaixo... mas pode discordar se quiser!

Via de regra, melhor não criar expectativas.
Assim, tudo o que vier do outro será uma novidade pra vc e tudo ficará bem.
Estou tentando aprender isso, será que consigo?
Vc já aprendeu? Quer aprender? ... rs ...

16 comentários:

Zeze disse...

Olá

Concordo plenamente!

Beijoka

Lívia disse...

Madrinha é esquisito isso não é? As vezes não crio expectativas e realmente não está certo isso. Mas procuro dar atenção as pessoas que gosto. A timidez não ajuda muito. Seria eu um parasita? bjos

Marco Romano disse...

Eu não aprendi..
e não aprendo nunca
como uma mula teimosa rss

:-)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Amiga Jac C., eu concordo plenamente com o teu belo texto e digo-te sou igualzinha a ti e nunca aprendi ser diferente por mais dececpões que tenho tido... Sina nossa !... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Alice disse...

Já são quase 50 anos tentando aprender isso .... uuuuiii !!!

Edna Federico disse...

Tento não me decepcionar quando não recebo o mesmo interesse ou atenção dispensada, mas nem sempre consigo.
É uma árdua jornada de aprendizado, amiga, talvez de algumas vidas...
Beijo

mamanunes-koinonia disse...

Assino embaixo, pode?
Chega de hipocresia.
Já dizia o sábio Gonzaguinha:
"A gente quer carinho e atenção
A gente quer calor no coração..." e por aí vai
bjjjjjjjjjjssssssss

lelito disse...

Bom, realmente o que acho interessante nos seus textos, além da "liberdade" com que escreve, é como alia o nosso mundo prático ao mundo dos sentimentos. Não que eu concorde com tudo que escreva, não é isso. Mas expor o que muitas pessoas não conseguem, não sabem ou tem medo de colocar é muito interessante( e coisa para poucos)... Mas pra falar mais um poquinho você pressiona aqueles que convivem com você, que sabem através dos seus textos como e porquê você (acho,rs) é uma pessoa especial e que estas pessoas têm que se esforçar de dar um mínimo de retorno...

Jac C. disse...

Lelo,
Obrigada por comentar.
Mas o texto não é bem uma forma de pressão. As pessoas que visitam meu blog, com certeza, dedicam-me preciosa atenção e este txt não cabe a elas, incluindo vc.
É mesmo fruto de sentimentos cotidianos, fagulhas de decepção por que passamos eventualmente.
Qto à "liberdade" com que escrevo, ainda estou em treinamento.
E garanto... ainda tenho muito a treinar e aprender.

Carinhoso abraço.

Laura disse...

Buenas!!! Acho q tudo é uma troca... Ação e reação...
Amo receber carinho, mas também adoro fazer... e assim vai...

Bjinhus

LUZIMAR disse...

Olá querida amiga, que textomais rela e verdadeiro.

Somos assim mesmo, precisamos receber também, mas nem sempre isso é possível por esse motivo tive que aprender na base da decepção mesmo.

Mas foi muito bom aprendi a ser mais pé no chão.

Resp: Sim a EVA está muito grande já est'pesando 3770 e olha que ainda não nasceu.rsrsrsrs.

Beijos no coração, amo vc.

Thiago disse...

Acho que sei um pouco disso, mas quero muito aprender bem mais! Jac, como que tu está? hehehehe sim sim.. é mais pro lado 'sei lá' da coisa...

Abraço.

Angel France disse...

Nossa!! queria muito aprender a não criar expectativas, mas sou puro grito à espera do eco.
Beijos

Alice Reis disse...

Criar expectativas é a coisa mais gostosa e mais desastrosa que pode haver.





essa é pra mim... esse texto todo!..rs.. eu crio sempre.. all the time!.. é péssimo isso neah!?


adoro seus comentários no meu blog.. sempre tao cheios de "proximidade"... =)

obrigada... pelo carinho... =)

bjinhos!!!!

Alice Reis disse...

Criar expectativas é a coisa mais gostosa e mais desastrosa que pode haver.





essa é pra mim... esse texto todo!..rs.. eu crio sempre.. all the time!.. é péssimo isso neah!?


adoro seus comentários no meu blog.. sempre tao cheios de "proximidade"... =)

obrigada... pelo carinho... =)

bjinhos!!!!

LUZIMAR disse...

Bom final de semana amiga.


Some não!!!!!!!


Beijos