domingo, janeiro 02, 2011

O que será do amanhã?

Simples assim...
de vez em quando a gente se fala,
de vez em quando a gente se lê.

Estive visitando blogs amigos que a muito tempo não lia.
Então, repensei esta minha "neura" de excluir o "Asas" por minha falta de tempo (e muitas vezes de assunto) em atualizá-lo.
Mas, pra que complicar?
Por que a gente fica sempre se cobrando, achando que existe uma maneira certa de agir?
Qual nada!

As coisas acontecem como devem acontecer.
Tudo a seu tempo.
Por vezes não entendemos bem a trilha de nosso viver, o ícone de nosso sentir... então tudo passa e é no futuro que encontramos a chave de nossas respostas.
Quantas vezes questionamos algo que vivemos agora e que não conseguimos entender?
Quantas vezes nos sentimos perdidos em nós mesmos, temos dúvidas quanto as decisões a serem tomadas, mas seguimos em frente, empurrados pelo tempo que não pára para esperar que encontremos nossas respostas.
E o tempo nos empurra e muitas vezes o acompanhamos aos tropeços... chorando debaixo do chuveiro, colocando música no carro pra afastar pensamentos que nos perturbam e incomodam, orando a Deus.
E o tempo nos faz mais adiante, enxergar e entender que muitas vezes "a dor" representa "a cura" de nós mesmos, representa "a libertação".
Que é preciso passar pelo fogo e sermos provados para que vislumbremos dias melhores.
A cegueira da alma nos impede de enxergar o melhor caminho.
Resistimos e tentamos ficar presos a velhos hábitos que nada mais fazem que nos estagnar no processo de crescimento, evolução e superação.
Comportamo-nos como parasitas, arraigados em nossos conceitos e nossas "verdades".
Então vem o chute, o "buuuum", o "acorda pra vida" e sentimos a dor da mudança nos incomoda por um tempo, mas depois nos presenteia com um novo olhar para a realidade.

É assim quem tem que ser.
Mudar.
Não ser sempre igual.
Não agir sempre da mesma forma.
Não se padronizar em tudo.
Ter espaço para crescer, criar, experimentar e degustar a vida.

É tempo de recomeçar!
Feliz ANO NOVO!

1 comentários:

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com